Características da língua #6 – Consonant Clusters

Hello, gorgeous people!

A gente já revisou alguns aspectos da pronúncia (aqui, aqui e aqui) e de word order, e algumas dessas características são bem parecidas com as do português e outras nem tanto. Hoje, vou mostrar outra qualidade que deixa os alunos – principalmente os brasileiros, colombianos, japoneses, árabes, italianos, franceses, coreanos, tailandeses… – muito confusos: Aquele monte de consoante tudo junto, também conhecido como consonant clusters.

Primeiro, o que é considerado um consonant cluster? São agrupamentos de SONS de consonantes, ou seja, a grafia (ou escrita) nem sempre representa um cluster porém, podemos ter um cluster em alguns dígrafos (duas consonantes escritas juntas). Então, temos um cluster:

  1. Quando (mas nem sempre) duas ou mais consoantes são graficamente representadas. Por exemplo as palavras split /splɪt/ e snake /sneɪk/. Mas NÃO a palavra shake /ʃeɪk/, onde o dígrafo “sh” é um único som de consoante, representado pelo símbolo /ʃ/.
  2. Quando graficamente temos uma vogal e uma consoante, mas a pronúncia nos diz outra coisa. Por exemplo, liked /laɪkt/.

Alguns dos clusters mais comuns no inglês:

©https://www.sltinfo.com/syllables-and-clusters/

Os mistakes mais comuns entre brasileiros estão nos clusters que começam com “s”. A gente, sem perceber, coloca um som de /i/ no começo das palavras desses clusters, fazendo small soar como “ismall” ou stay soar como “istay”. E esse são os clusters mais comuns em inglês. Inclusive, eles também aparecem em grupos de três sons de consoante, como podemos ver na tabela abaixo:

©https://www.sltinfo.com/syllables-and-clusters/

É bem difícil pra gente perceber que estamos fazendo isso e, acredite em mim, muito aluno demora bastante tempo pra perceber essa diferença. Algumas vezes até dizemos que o mistake está enraizado ou até mesmo faz parte do accent do aluno. And how can I stop making this mistake? Bom, o primeiro passo é saber que ele existe e, depois, tentar fazer alguns exercícios para o speaking and listening.

  • Grave um áudio onde você lê algumas palavras com os clusters iniciais /sm/, /sn/, /st/, /sw/, /sk/, /sl/, /sp/, /sf/, /spl/, /spr/, /str/, /sfr/, /skr/ e /skw/.
  • Dê o play no áudio e compare com a pronúncia em um bom dicionário online.
  • Repita o processo, corrigindo ao poucos a pronúncia.

Mas teeeeeeeeeeacher não existe cluster no final das palavras? Claro, student! Mas isso é assunto pra um outro “poste” do “blogue”!

Espero que esse assunto tenha ficado minimamente mais claro pra vocês e que lhes ajude no processo de aprendizado do inglês.
Não se esqueçam de se inscreverem para receber as novidades direto na sua mailbox.

Gostou do material? Deixo aqui, mais uma vez, alguns botões para doação ou para fazer um feedback do seu writing pra que eu consiga dar continuidade ao projeto!

Thank you and see you next time!
Cheers!
Teacher Rod

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: