Características da língua #7 – Verbos terminados em “-ed”

Hello again!

Breve contexto antes do post. Quando eu morava em Londres, tinha um flatmate que curtia trocar uma idea comigo enquanto ele tomava seus bons drinks depois do trabalho. Ele era irlandês de origem, mas tinha vivido na Inglaterra por muito tempo e trabalhava como builder, ou labour. Quando eu chegava em casa depois da escola e de alguns passeios pela cidade, a gente sentava na cozinha e trocava uma idea sobre o nada. Às vezes, a gente jogava um hangman.

A game of hangman

Em uma das ocasiões, a palavra terminava em “-ed”. Não me lembro qual palavra era, mas para exemplificar, vou usar worked. Lembro muito bem que pronunciei “wor-KED” e o meu flatmate ficou p* da vida! E começou a falar que “todos os Brazilians que eu conheço falam essas palavras errado!”. Ele falou /’wɜːkt/ e eu continuei falando /wɜː’ked/ e ele dizia que “não têm uma sílaba extra no final da palavra!” e aquilo não entrava na minha cabeça. Pra mim, se estava escrito worked, a lógica da minha L1 (primeira língua) era clara e eu dizia “wor-KED”! Isso se arrastou por longos minutos, mas eu entendi que o “-ed” no final das palavras tinha o “e” mudo.

Essa característica ficou ainda mais clara pra mim quando eu comecei a dar aulas e fui percebendo, aos poucos, que meus alunos demoravam a entender (ou não entendiam at all) essa feature do inglês. Tive que buscar saber qual o padrão – caso houvesse algum – e como ilustrar isso pros alunos.
Basicamente, são 3 SONS diferentes quando uma palavra termina em “-ed”:

  • /d/
  • /t/
  • /id/

E como fazemos pra saber qual som usar? Bom, precisamos saber qual o SOM que vem antes do “ed”. Por exemplo:

  • Verbos que terminam em unvoiced or voiceless sounds como /p/, /f/, /s/, /ʃ/, /ʧ/, /k/ vão receber o final “ed” com o som de /t/. Por exemplo:
    • hope –> hoped /həʊpt/;
    • laugh –> laughed /læft/;
    • relax –> relaxed /rɪˈlækst/;
    • wash –> washed /wɒʃt/;
    • like –> liked /laɪkt/.
  • Verbos que terminam em sons de /d/ ou /t/, recebem uma sílaba extra /ɪd/. Por exemplo:
    • want –> wanted /ˈwɒntɪd/;
    • end –> ended /ˈendɪd/.
  • O restante dos verbos – terminados em voiced sounds – recebem o final “ed” com o som de /d/. Por exemplo:
    • play –> played /pleɪd/;
    • study –> studied /ˈstʌdid/;
    • love –> loved /lʌvd/;
    • use –> used /juːzd/.

A tabela mais utilizada pelos professores no mundo todo é a do site Woodward English. Ela nos dá uma boa ideia dos sons e das pronúncias corretas:

©Woodward English

Só lembrando que a grafia “gh” em laughed tem som de /f/ e o “x” em fixed tem som de /ks/.
Lembrando também que:

  • Voiced sounds = Quando você pronuncia um som e suas cordas vocais vibram
  • Unvoiced or Voiceless sounds = Quando você pronuncia o som e somente ar passa pela boca, sem vibrar as cordas vocais

Diferentemente do português, o inglês não possui “regras de divisão silábica” ou “regras de acentuação e pronúncia” pois foi modelado de maneira diferente e sempre vão existir muitas exceções, principalmente quando falamos das diferenças entre inglês Britânico e Americano, que são as duas vertentes mais usadas comercialmente em material de cursos.

Esse foi mais um material sobre pronúncia e espero que tenha sido útil pra você e que lhe ajude a ouvir e falar melhor inglês.

Inscreva-se no blog pra receber notificações quando um post novo é publicado!

Thank you and see you next time!
Cheers,
Teacher Rod

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: